Notícias

Programa "Muda, Brasil!" - 28/09: Conheça propostas de Bolsonaro para diminuir a criminalidade no país e valorizar o trabalho dos nossos policiais

28/09/2018

OUÇA O PROGRAMA NA ÍNTEGRA AQUI.

Abertura: Jingle "Dia 7, é 17!"

Está no ar o Programa "Muda, Brasil!", de 28 de setembro de 2018.

Faltam 9 dias para escolhermos quem pode mudar o Brasil de verdade! Ao longo desta semana, você acompanha detalhes das propostas de Jair Bolsonaro.

Segurança
No programa de hoje, você vai conhecer alguns pontos do plano de governo do Capitão para a área de Segurança. Um dos grandes problemas que nós brasileiros enfrentamos todos os dias é a violência. Estamos reféns, tanto da falta de segurança, quanto da corrupção.

Dados alarmantes apontam que, no Brasil, 786 mil pessoas foram assassinadas entre 2001 e 2015. Na Síria, foram 330 mil, de 2011 a 2017.
Na contramão de toda essa realidade, temos Bolsonaro com propostas reais de combate à violência.

Nosso Capitão vai investir fortemente na segurança e todo cidadão terá seus direitos preservados. Bolsonaro vai empregar mais tecnologia e equipamentos, garantindo, assim, mais capacidade investigativa e operativa para as forças policiais.

Bolsonaro - “O que falta para o nosso policial, aqui, ser mais forte do que a bandidagem? Não é apenas armamento, munição e meios, é uma retaguarda jurídica. O policial, hoje em dia, tem muito mais preocupação com o chamado “capa preta” (com um possível julgamento) do que com um bandido com uma Ponto 50 atirando em cima dele. Nós temos que dar o excludente de ilicitude não apenas para o policial não, mas para você também."
Veja.

Precisamos reconhecer que a vida de um policial vale muito e seu trabalho é importante para a sociedade. Outra ação é prender e deixar preso.

Bolsonaro - “Por exemplo, temos um projeto no caso de estupro. No caso de estupro, você só poderia requerer a progressão depois de se submeter a uma castração química. Ou seja, não pode! Você, hoje em dia, é condenado, por exemplo, a 12 anos, por ter cometido um estupro... daí, 3, 4 anos de cadeia, já está na rua e vai cometer, novamente, este crime, com toda a certeza. Então, se ele não quisesse, voluntariamente, submeter a castração química, ele se submeteria aos 12 anos.”
Veja.

O Capitão vai acabar com o regime de progressão de penas e saídas temporárias. 

Falta pouco mais de uma semana para o dia em que se iniciará um novo tempo. Dia 7 de outubro é 17, é Jair Bolsonaro.
No site  www.jairbolsonaro17.com.br, você pode ler o Plano de Governo e se informar melhor sobre a campanha.