Notícias

Jair Bolsonaro anuncia General-de-Exército Fernando Azevedo e Silva para Ministério da Defesa

13/11/2018

Foto: Alessandra Carneiro/APO

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), anunciou, nesta terça-feira (13), mais um nome escolhido para compor o novo governo: o general-de-Exército Fernando Azevedo e Silva assumirá o cargo de ministro da Defesa. O militar é o sétimo nome anunciado pelo Capitão para assumir um dos Ministérios. 

Bolsonaro, que voltou a Brasília hoje para novas reuniões com autoridades e a equipe de transição, divulgou a indicação por meio de seu Twitter. 

Com a escolha de Fernando Azevedo e Silva, Bolsonaro mantém um oficial-general de quatro estrelas (topo da carreira) à frente do Ministério da Defesa, como já havia se comprometido. O atual ministro é o também general Joaquim Silva e Luna.

Azevedo e Silva ocupará o lugar do general Augusto Heleno, que chegou a ser indicado para o Ministério da Defesa, mas deverá assumir o Gabinete de Segurança Institucional (GSI), atendendo a um pedido de Bolsonaro.

Breve Currículo

Azevedo e Silva foi chefe do Estado-Maior do Exército e passou para a reserva neste ano. Ele já foi Chefe de Operações na missão das Nações Unidas para Estabilização do Haiti, Comandante Militar do Leste e Coordenador Geral da Defesa Aérea durante preparação e execução dos Jogos Olímpicos do Rio 2016. O general teve atuação destacada, ainda, como presidente da Autoridade Pública Olímpica. 

Ministros
Com Azevedo e Silva, sobe para sete o número de nomes anunciados para compor os ministérios, no governo Bolsonaro. Até agora, o presidente eleito já indicou:

Onyx Lorenzoni (Casa Civil) 
General Augusto Heleno (Segurança Institucional);
Paulo Guedes (Economia);
Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia);
Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública);
Tereza Cristina (Agricultura);
General Fernando Azevedo e Silva (Defesa).