Notícias

Empresários pró-Bolsonaro planejam gerar um milhão de empregos em janeiro

11/12/2018

As expectativas para o governo Bolsonaro não param de crescer e, agora, tornam-se ainda melhores. Um grupo de empresários, entre eles apoiadores do presidente eleito, resolveu começar o próximo ano com o pé direito: dando um impulso na geração de vagas de trabalho. As informações são da Folha de S. Paulo

A iniciativa, chamada ‘Empregue Mais Um’, foi organizada pelo movimento Brasil 200 com o objetivo de estimular a economia do Brasil, assim que o Capitão tomar posse, em janeiro de 2019.  A pretensão é criar um milhão de empregos já no primeiro mês do ano. 

Já fazem parte da ação Gabriel Kanner, diretor do movimento Brasil 200, João Appolinário, da Polishop, e Edgard Corona, das academias de ginástica Bio Ritmo e Smart Fit. Além deles, Luciano Hang, da Havan, e Flávio Rocha, presidente do conselho do grupo Riachuelo. 

Apesar de não ter vínculo com o governo, a inciativa demonstra esperança e envolvimento dos empresários, pela recuperação da economia no país. 

"Estamos entrando em uma nova era de confiança, ânimo e engajamento do empresariado, e isso tende a impactar positivamente os diversos setores do mercado de trabalho", disse Appolinário, que pretende empregar 200 em 2019.

Já foram sinalizados novas 300 vagas da Riachuelo e 5 mil da Havan, mas os números deverão ser atualizados na próxima segunda, dia 17, em evento na sede da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo).