Notícias

A uma semana das eleições, manifestações a favor da candidatura de Bolsonaro acontecem pelo Brasil

21/10/2018

A uma semana para as eleições do 2º turno, manifestantes encheram as ruas em todas as regiões do país, para demonstrar apoio a Bolsonaro. Entre os estados onde ocorreram os protestos deste domingo (21), estão: Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Espírito Santo, Pará, Paraná e Distrito Federal.
 
Levantando bandeiras e soltando a voz com gritos de guerra, como: ‘A nossa bandeira jamais será vermelha!’ e ‘Eu vim de graça!’, os brasileiros mostraram todo o seu patriotismo e o tamanho da força que o Capitão tem do povo nas ruas.
 
Convocadas pelas redes sociais, além de mobilizar em prol da candidatura de Jair, as manifestações buscam mostrar que apoio a Bolsonaro não se limita aos espaços digitais. É que na última semana, Bolsonaro havia recebido ataques da imprensa que, por meio de falsas acusações, buscou manchar a imagem de sua campanha presidencial, sugerindo esquemas irregulares de disparo no Whatsapp, para favorecê-lo. [Leia mais]
 
Por conta disso, a ação #MarketeirosDoJair continuou sendo uma causa presente nos protestos deste domingo (21), onde os apoiadores aproveitaram a oportunidade de provar à mídia que a campanha do Capitão é o povo quem faz.
 
LOCAIS DOS PROTESTOS
 
Na cidade de São Paulo, a manifestação começou na Avenida Paulista, onde também foram feitos discursos contra o PT. As informações a seguir são do G1. Ainda no estado de São Paulo, ocorreram atos em Jundiaí, Araçatuba, São José do Rio Preto, Mogi das Cruzes, Itu, Ribeirão Preto e Santa Isabel.

Já no Rio de Janeiro, a manifestação passou por Copacabana. Em Brasília, no Distrito Federal, o ato foi na Esplanada dos Ministérios. Além da concentração no gramado próximo ao Congresso Nacional, uma carreata percorreu os principais monumentos da área central da capital federal.

No Espírito Santo, manifestantes foram às ruas na capital Vitória e em Vila Velha. No Paraná, duas cidades registraram protestos: Curitiba e Londrina.
Nas capitais, manifestações ainda ocorreram em Belém, Recife, Maceió e Salvador. E em Belo Horizonte, a concentração foi na Praça da Liberdade.
 
Fonte: G1